Blog da Gene

  • Jeferson Verri

Estilos de traços no design da sua marca!

As marcas são criadas com o objetivo de comunicar o que a empresa é e o que ela acredita, ou pelo menos deveria ser assim. Para comunicar, visualmente, a marca precisa de um estilo de traços que vai direcionar tanto as fontes quanto a identidade visual por inteira.


Traços sem geometria e mais livres transmitem algo mais orgânico. Já os traços mais geométricos direcionam para algo mais sério e formal. Traços mais finos trazem suavidade, já os mais largos trazem força, porém, os traços mais largos com cantos arredondados direcionam para o lúdico e com os cantos retos, com pontas, mantém a força.


Isso gera muitas variações dentro da identidade visual da marca e precisa ser muito bem equilibrado para que o design expresse o que a marca quer falar. Fazer combinações de traços ajuda no equilíbrio, por exemplo, traços mais largos e arredondados - lúdico - combinados com uma fonte com traços mais retos e com cantos - sério / formal - ajuda uma marca a mostrar que ela não é muito formal nem muito lúdica.

Ah, é importante dizer que o estilo dos traços é extremamente importante, mas é apenas uma parte dentro do processo de branding e deve fazer sentido com o conceito, com as cores, com a simbologia, com as aplicações, com a linguagem, enfim, com tudo o que compõe a criação da marca.

Tudo isso gera uma grande variedade de possibilidades para a sua marca, por isso, é muito importante ter um profissional qualificado para desenvolver seu projeto. Uma coisa é certa, sua marca precisa de DNA para que ela possa ter um branding certeiro, uma identidade visual que “grite” o seu DNA. Aqui na Gene esse é o nosso principal foco, construir brandings com muito DNA e os traços são essenciais para isso.

13 visualizações